Alimentação para jogadores de futebol

Curte a pelada do final de semana ou quer jogar profissionalmente? Veja essas dicas:⁣

▪ Nunca treine em jejum ou com intervalo maior de quatro horas entre a última refeição e o treino.⁣

▪ Hidrate-se sempre. A hidratação é fundamental ao longo do dia, e não apenas durante o exercício. ⁣

▪ Faça uma grande refeição de 3 a 4 horas antes do treino. Refeição composta de carboidratos, leguminosas, proteínas, verduras e legumes. ⁣


▪ Evite alimentos gordurosos na refeição que antecede o treino. Como, por exemplo, frituras, carnes gordas e leite.⁣

▪ Evite o consumo de alimentos ricos em fibras antes do treino. Por exemplo, sucos verdes e verduras. ⁣

▪ Faça uma pequena refeição de 40 minutos antes do treino. Priorizar os alimentos ricos em carboidratos e de fácil digestão, como frutas, suco de frutas, biscoitos, pães, batata doce. ⁣

▪ A água de coco é um ótimo repositor hidroeletrolítico. Indicada logo após os treinos e competições para repor as perdas de sais e líquidos. ⁣

▪ Consuma alimentos de alto índice glicêmico após o treino. Como, por exemplo, pães, macarrão, arroz, batatas, abóbora, inhame, beterraba, mandioca, mandioquinha, banana com mel ou uva passa. ⁣

▪ Faça uma refeição completa após o treino. Incluindo os carboidratos de alto índice glicêmico, leguminosas, proteínas de origem animal, verduras, legumes. ⁣

▪ Não consuma suplementos sem indicação de um profissional habilitado. Muitos deles, se usados inadequadamente, podem trazer riscos à saúde.⁣

#futebol #dianacionaldofutebol #nutrição