Artrite, quais alimentos evitar?

Hoje quero conversar com você sobre artrite, ela é uma condição de saúde comum que envolve inflamação crônica nas articulações. Causa dor e danos às articulações, ossos e outras partes do corpo, dependendo do tipo.

Alguns alimentos interferem diretamente para potencializar os sintomas, causando mais inflamações, abaixo listei os principais:


Você deve limitar a ingestão de açúcar para ter mais longevidade, mas especialmente se tiver artrite. Açúcares adicionados são encontrados em doces, refrigerantes, sorvetes e vários outros alimentos, incluindo itens menos óbvios como molho de churrasco. Um estudo com 217 pessoas com artrite reumatóide observou que, entre 20 alimentos, refrigerantes adoçados com açúcar e sobremesas foram os mais frequentemente relatados para agravar os sintomas da artrite. Algumas pesquisas relacionam a carne vermelha e processada à inflamação, o que pode aumentar os sintomas da artrite. Por exemplo, dietas pesadas em carnes processadas e vermelhas demonstram altos níveis de marcadores inflamatórios como interleucina-6 (IL-6), proteína C reativa (PCR) e homocisteína. Itens ultraprocessados ​​como fast food, cereais matinais transgênicos e assados ​​ são tipicamente ricos em grãos refinados, adição de açúcar, conservantes e outros ingredientes potencialmente inflamatórios, todos os quais podem piorar os sintomas da artrite.


O álcool pode piorar os sintomas da artrite, qualquer pessoa com artrite inflamatória deve restringir ou evitá-lo.

Um estudo em 278 pessoas com espondiloartrite axial - artrite inflamatória que afeta principalmente a medula espinhal e as articulações sacroilíacas (SI) - vinculou a ingestão de álcool ao aumento dos danos estruturais da coluna vertebral Se você tem artrite, uma dieta e um estilo de vida saudáveis ajudar a melhorar os sintomas. A pesquisa mostra que você deve evitar certos alimentos e bebidas, incluindo alimentos altamente processados, carne vermelha, alimentos fritos e aqueles ricos em açúcares adicionados. Lembre-se de que fatores de estilo de vida, como nível de atividade, peso corporal e tabagismo, também são vitais para controlar a artrite.