Carboidratos, posso comer?

Uma dieta baixa em carboidratos auxilia na perda de peso, mas também melhorar sua saúde. Por esse motivo, deve basear-se em alimentos reais e não processados. ​​ As fontes saudáveis ​​de carboidratos, ou seja, frutas, legumes, integrais dos mais variados, pois cada um é rico em um determinado nutriente importante.  Não existe uma definição clara de exatamente o que constitui uma "dieta baixa em carboidratos" e o que é "baixo" para uma pessoa pode não ser "baixo" para outra.

 A ingestão ideal de carboidratos de um indivíduo depende da idade, gênero, composição corporal, níveis de atividade, preferência pessoal, cultura alimentar e saúde metabólica atual.  Pessoas que são fisicamente ativas e têm mais massa muscular podem tolerar muito mais carboidratos do que pessoas sedentárias. Isto se aplica particularmente àqueles que fazem muitos exercícios de alta intensidade como levantamento de pesos ou correr. Devido à degradação do glicogênio e a necessidade imediata de energia.  A saúde metabólica também é um fator muito importante. Quando as pessoas obtêm a síndrome metabólica, tornam-se obesas ou adquirem diabetes tipo II, as regras mudam, com isto o carboidrato devem ser evitados.  As pessoas que se enquadram nesta categoria não podem tolerar a mesma quantidade de carboidratos que aqueles que são saudáveis.  Se você simplesmente remover as fontes de carboidratos não saudáveis ​​de sua dieta, trigo refinado e açúcares adicionados, então você estará no caminho certo para melhorar sua saúde.  O que eu quero dizer é que todos somos únicos e o que funciona para uma pessoa pode não ser para outra. É importante fazer alguma consulta com um profissional de sua confiança e descobrir o que funciona para você, além da quantidade de carboidrato ideal para aquele momento.