Espinhas e vitamina C

As espinhas, também conhecida simplesmente como acne, é uma condição comum da pele que pode causar espinhas e pele oleosa. No Brasil, até 50% dos adolescentes e 15 a 30% dos adultos apresentam sintomas.

Muitas pessoas usam cremes tópicos, medicamentos, alimentos e suplementos para ajudar a aliviar a acne. De fato, a vitamina C é frequentemente adicionada a muitos produtos de cuidados com a pele que se propõem a tratá-la.

Ainda assim, você pode se perguntar se a vitamina C é eficaz para esse fim.


Oficialmente conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C é uma vitamina solúvel em água crucial para vários aspectos da saúde, incluindo a pele. Seu corpo não o produz, então você deve obtê-lo através de sua dieta.


Esta vitamina também é um potente antioxidante que ajuda a neutralizar os radicais livres, compostos instáveis ​​que podem danificar as células do seu corpo ao longo do tempo quando os níveis se tornam muito altos no corpo.

Sua pele é afetada pelos radicais livres devido à sua exposição a ambientes internos e externos. Entre outros fatores, dieta, estresse, tabagismo, raios ultravioleta (UV) e poluição afetam a saúde da pele.

A epiderme da sua pele, a camada superior da pele que é visível ao olho humano ,contém altos níveis de vitamina C. Esse nutriente desempenha um papel fundamental na proteção, cura e produção de nova pele.

Como a acne é uma condição altamente inflamatória que pode ser exacerbada por estressores ambientais, a vitamina C pode desempenhar um papel no tratamento.

Laranja, maracujá, acerola, caqui, e mexerica são ótimas fontes de vitamina C para incluir na sua rotina.