Farinhas sem glúten, quais são?

Existe uma variedade de alternativas saudáveis d​​e farinha sem glúten para pessoas com doença celíaca, sensibilidade ao glúten ou aquelas que evitam o glúten por outras razões.

1- Farinha de Arroz A farinha de arroz integral é feita de arroz integral moído . É considerada uma farinha integral e contém o farelo, o germe e o endosperma.  Tem um sabor de nozes e pode ser usado para  engrossar molhos ou preparar alimentos empanados, como peixe e frango. A farinha de arroz integral é freqüentemente usada para fazer macarrão e pode ser combinada com outras farinhas sem glúten para receitas de pão, biscoito e bolo. Esta farinha é rica em proteínas e fibras, as quais podem ajudar a baixar os níveis de açúcar no sangue e reduzir o peso corporal.

 2- Farinha de Aveia Pura Farinha de aveia fornece fibras solúveis e antioxidantes que podem ajudar a proteger contra doenças cardíacas e reduzir os níveis de açúcar no sangue. Note que pode estar contaminado com glúten no processo, a dica é utilizar a pura, para isto olhe bem o rótulo.

3- Farinha de Milho  A farinha de milho é uma versão muito fina do fubá. Farinha de milho é feita a partir do milho inteiro, incluindo o farelo, germe e endosperma.  É comumente usado como um espessante para líquidos e pode ser usado para fazer tortilhas e pães.  A farinha de milho vem em variedades branca e amarela e pode ser combinada com outras farinhas sem glúten para fazer massa de pizza.  É rico em fibras e uma boa fonte de carotenóides luteína e zeaxantina. Estes dois compostos vegetais atuam como antioxidantes e podem beneficiar a saúde dos olhos , diminuindo a degeneração macular relacionada à idade e, portanto, o risco de catarata.