Peixes e gestação

Uma das primeiras coisas que as pessoas aprendem quando estão grávidas é o que elas não podem comer. Pode ser uma verdadeira chatice se você for um grande fã de sushi, ou bife mal passado.

Felizmente, há mais que você pode comer do que o que você não pode. Você só precisa aprender a navegar nas águas (as águas com baixo teor de mercúrio, é claro). Você deve prestar muita atenção ao que come e bebe para se manter saudável.

Hoje quero destacar os peixes perigosos para ingerir durante a gestação.

O mercúrio é um elemento altamente tóxico e é mais comumente encontrado em águas poluídas naturalmente.


Em quantidades maiores, pode ser tóxico para o sistema nervoso, sistema imunológico e rins. Também pode causar sérios problemas de desenvolvimento em crianças, com efeitos adversos mesmo em quantidades menores.

Como é encontrado em mares poluídos, grandes peixes marinhos podem acumular grandes quantidades de mercúrio. Portanto, é melhor evitar peixes com alto teor de mercúrio durante a gravidez e amamentação.

Peixes com alto teor de mercúrio que você deseja evitar incluem:

  • Tubarão (cação)

  • cavala

  • atum

  • marlim

  • tilefish

  • Tilápia

  • Bacalhau

  • Truta

  • Salmão

  • Linguado

Peixes crus

Este será difícil para os fãs de sushi, mas é importante. Peixes crus, especialmente mariscos, podem causar várias infecções. Estas podem ser infecções virais, bacterianas ou parasitárias, como norovírus, Vibrio , Salmonella e Listeria .

Esta bactéria pode ser encontrada no solo e água ou plantas contaminadas. O peixe cru pode ser infectado durante o processamento, incluindo defumação ou secagem. Por isto deve ser evitado sempre.