Urucum, mais que condimento vermelho

O urucum é um corante alimentar produzido a partir das sementes da árvore achiote. Embora possa não ser bem conhecida, dela são estimados 70% das cores naturais dos alimentos.

Hoje você irá aprender sobre seu uso que vão além da coloração.

Sua cor vem de compostos chamados carotenóides, que são pigmentos encontrados na camada externa da semente e em muitas outras frutas e vegetais, como cenoura e tomate. Além disso, o urucum é usado como condimento para melhorar o sabor dos pratos devido ao seu sabor levemente doce e picante. Seu aroma é melhor descrito como noz, pimenta e floral (usado em alguns cosméticos).


Ele vem em várias formas, incluindo pó, pasta, líquido e como um óleo essencial. A versão de óleo essencial não pode ser ingerido e sim utilizado como aromaterapia. Urucu em pó é ideal para utilizar na culinária e como base para pinturas corporais.

O urucum contém vários compostos à base de plantas com propriedades antioxidantes, incluindo carotenóides, terpenóides, flavonóides e tocotrienóis. Ele é uma boa fonte de vitamina E, que podem proteger contra problemas


cardíacos relacionados à idade.

Mulheres gestantes, lactantes ou pessoas com síndrome do intestino irritado deveram evitar o uso deste condimento.

Vou dar uma dica especial, você pode combinar com outras especiarias como orégano e manjericão, assim você obter mais benefícios.

*uso na culinária 1 pitada.