Whey e creatina, posso ingerir os dois?

No mundo da nutrição esportiva, as pessoas usam vários suplementos para aumentar seu desempenho e melhorar a recuperação após o exercício.

Creatina e Whey Protein são dois exemplos populares, com uma grande quantidade de dados que respaldam suas eficácias.

Embora seus efeitos sejam semelhantes em alguns aspectos, eles são compostos distintamente diferentes que funcionam de maneiras diferentes.

Neste post vou falar o que é creatina e whey protein, suas principais diferenças, e se você deve combiná-los para obter os melhores benefícios.

A creatina é um composto orgânico produzido naturalmente em suas células musculares. Ajuda na produção de energia durante exercícios de alta intensidade ou levantamento pesado.

Quando tomada em forma de suplemento, a creatina pode ajudar a aumentar a massa muscular, a força e o desempenho no exercício. Ela funciona aumentando as reservas de fosfocreatina nos músculos. Esta molécula auxilia a produção de energia para contrações musculares de curta duração.

A creatina também é encontrada em muitos alimentos, especificamente alimentos de origem animal.

O soro é uma das principais proteínas encontradas nos laticínios. É muitas vezes um subproduto da produção de queijo e pode ser isolado para formar um pó.

O consumo de proteína de soro após um período de exercício é associado à recuperação melhorada e ao aumento da massa muscular. Esses benefícios podem ajudar a melhorar a força, potência e função muscular .

Uma boa fonte de proteína após o exercício de resistência é importante para maximizar a construção muscular. Cerca de 20-25 gramas de proteína é uma boa quantidade para obter estes benefícios.


Tanto a creatina como o whey demonstraram aumentar a massa muscular quando tomados em combinação com o exercício de resistência.

A creatina aumenta a capacidade de exercício durante o exercício de alta intensidade . Isto leva a uma melhor


recuperação e adaptações, como o aumento da massa muscular.

Enquanto isso, a ingestão de proteína whey em combinação com o exercício fornece ao seu corpo uma fonte de proteína de alta qualidade , melhorando a síntese de proteína muscular e levando ao aumento dos ganhos musculares ao longo do tempo.


Para resumir a creatina e a proteína do soro do leite promovem o ganho muscular, elas diferem nas maneiras como funcionam. A creatina aumenta a força e a massa muscular ao aumentar a capacidade de exercício, enquanto a proteína do soro faz isso estimulando o aumento da síntese proteica muscular.

Estudos observaram que a ingestão de proteína de soro de leite e creatina, juntamente com o exercício, não oferece ganhos adicionais de força ou de músculo em comparação com cada um individualmente. Você ´poderá fazer está combinação, mas não irá acelerar o processo natural da hipertrofia, outro ponto importante, a creatina precisa também estar associada com grande ingestão hídrica, portante hidrate-se sempre.